quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Novo Curso - Felicidade - Segundo as Musas dos Grandes Pensadores



Em Dezembro o novo curso do Prof. Manoel Thomaz Carneiro

"Felicidade - Segundo as Musas dos Grandes Pensadores"

Turma de 3ª feira das 14:30 h às 16:30 h – Início dia 01/12 – Término dia 15/12
Turma de 4ª feira das 14:30 h às 16:30 h – Início dia 02/12 – Término dia 16/12

EXCEPCIONALMENTE EM DEZEMBRO NÃO TEREMOS A TURMA DA NOITE

Informações e Reservas com ILANA (21) 99983-5751

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Link da Entrevista de Outubro 2015


Para quem não assistiu, compartilhamos aqui o link da última entrevista do Prof. Manoel Thomaz Carneiro no Programa Sem Censura com o tema Tá na Moda.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Nova entrevista no Programa Sem Censura - Tema "Tá na Moda"


CONFIRMADO: Nova entrevista com o tema "Tá na Moda" no Programa Sem Censura com Leda Nagle.

Em minha entrevista, que abre o programa, falarei sobre o Grupo de Estudos Pensar que criei em 1989 e que é referência do gênero até hoje. 

Não percam! 

Amanhã, Sexta-feira, dia 16 de outubro, às 17 h na TV Brasil.

Saiba qual o canal da TV Brasil na sua cidade clicando no link abaixo:


quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Novo Curso: Felicidade – Segundo os Grandes Pensadores

clique para ampliar

A partir de Outubro de 2015 – Novo Curso do Prof. Manoel Thomaz Carneiro

Felicidade – Segundo os Grandes Pensadores
Aristóteles, Hegel, Nietzsche, Freud, Ayn Rand

“Na plenitude da Felicidade, cada dia é uma vida inteira.” – Johann Goethe

“Não é a força mas a constância que conduz as pessoas à felicidade.” – Nietzsche

TURMA de 3ª f. (de 14:30 h às 16:30 h) – Início dia 06/10/15
TURMA de 4ª f. (de 14:30 h às 16:30 h) – Início dia 07/10/15
TURMA de 4ª f. (de 19:30 h às 21:10 h) – Início dia 07/10/15

Centro de Eventos do Ed. Leblon Corporate
R. Dias Ferreira, 190 – Leblon – Rio de Janeiro
Informações e Reservas: (21) 99983-5751 (ILANA)

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Entrevista na Super Rádio Brasil






Além da entrevista na Rádio JB FM no Programa da Marcia Peltier que continua até o dia 6 de setembro em transmissão em dois horários, o Prof. Manoel Thomaz Carneiro dará uma nova entrevista na Super Rádio Brasil nesta sexta feira, dia 4 de Setembro, a ser transmitida em algum momento entre 10:00 h e 10:30 h, com o entrevistador Alan. 
Super Rádio Brasil AM 940.


sábado, 29 de agosto de 2015

Marcia Peltier Entrevista Manoel Thomaz Carneiro na Rádio JB FM

RELEASE MARCIA PELTIER ENTREVISTA MANOEL THOMAZ CARNEIRO  NA RÁDIO JB FM (31/08 A 06/09)

O Programa Marcia Peltier Entrevista na rádio JB FM conversa na semana de 31 de agosto a 06 de setembro com o psicanalista, professor e escritor Manoel Thomaz Carneiro. Ele é o criador do Grupo de Estudos Pensar, que vem ajudando muita gente a encontrar respostas para as questões emocionais no mundo de hoje.
Durante a conversa com Marcia Peltier, ele explica como surgiu e qual o objetivo do Grupo Pensar, comenta a importância das figuras da mãe e do pai na construção da personalidade humana, fala de como se pode tentar melhorar os relacionamentos interpessoais nos dias de hoje e a tal ''busca da felicidade''.
Você não pode perder Manoel Thomaz Carneiro no Marcia Peltier Entrevista na  rádio JB FM  (99.9), em duas edições diárias: de segunda à sexta, pela manhã às 7h50 e à noite às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos pela manhã às 10h e à noite às 18h. E na segunda-feira 7 de setembro, você vai poder conferir a entrevista completa no site da JB FM.

sábado, 8 de agosto de 2015

Palestra Saber A Felicidade

Palestra no Rio Design Leblon
dia 13 de Agosto, às 17 h.

Necessário reservar.
pelo email:
concierge.riodesignleblon@riodesign.com.br 
ou pelo whatsapp:
+5521 996834461

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Você tem o hábito de procrastinar?

Ao final da minha entrevista no Sem Censura na sexta, dia 31 de julho de 2015 
com a atriz Malu Valle, Leda Nagle e Salgadinho.


Já saiu o link da entrevista do Prof. Manoel Thomaz Carneiro para o Programa Sem Censura sobre Procrastinação realizada no dia 31 de julho de 2015. Quem não assistiu pode acessar o endereço abaixo:

http://tvbrasil.ebc.com.br/semcensura/episodio/voce-tem-o-habito-de-procrastinar#media-youtube-1

sábado, 1 de agosto de 2015

Volta às aulas no Curso “Gesto Apropriado – A Nova Visão Cognitiva”

Volta às Aulas
Curso 
“Gesto Apropriado – A Nova Visão Cognitiva”
Prof. Manoel Thomaz Carneiro

Caros alunos,

ATENÇÃO: Retornaremos nesta semana nos dias 04 e 05 de agosto de 2015 com a sequência do Curso “Gesto Apropriado – A Nova Visão Cognitiva” nas turmas habituais:

TURMA 3ª FEIRA: das 14:30 h às 16:30 h.
TURMA 4ª FEIRA: das 14:30 h às 16:30 h.
TURMA 4ª FEIRA: das 19:30 h às 21:10 h.

Local: Centro de Eventos do Leblon Corporate
Rua Dias Ferreira, 190 – Leblon

Informações e reservas: ILANA (21) 99983-5751

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Entrevista


Nesta sexta-feira, dia 31 de Julho, às 16:00 h ao vivo na TV Brasil o Prof. Manoel Thomaz Carneiro concede uma entrevista no Programa Sem Censura.
Tema: Procrastinação.
Não percam!

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Se Parecer Para Ser

Obra de Cícero Dias

Estou nos meus últimos dias desta minha temporada de três meses em Paris, logo retorno ao Rio.
Em todos os meus períodos aqui, sempre sinto um “Fazer Parecer”, como se uma parte de mim despertasse pelo encontro da visão do outro. Como se eu dissesse que um traço francês emergisse em mim. Como se eu deixasse brotar outros aspectos de mim mesmo... Aspectos que por vezes podem passar despercebidos uma vida inteira, se não somos estimulados pela visão exterior de um modo de ser em alguém que de certa forma admiramos.
Somos por vezes obrigados pelas pessoas a nos aprisionarmos numa rígida identidade, como se a normalidade fosse a linearidade óbvia de um modo de ser cotidiano.
Felizmente nós sabemos “fazer parecer” e isto é a prova que somos livres de nossa “identidade”, de nosso modo mais habitual.
É um sinal também de liberdade poder escolher conscientemente um modo de parecer, de ser e de reagir.
Aquele que é capaz de escolher ser civilizado, ou maduro, já o é um pouco.
Assisti aqui em Paris a entrega do prêmio do cinema francês "Le César" e o ator Pierre Niney foi recompensado pela atuação como protagonista no filme Yves Saint Laurent. Há um segundo filme lançado seis meses depois, intitulado Saint Laurent que também concorreu e não ganhou prêmio algum. Aliás, o filme que me tocou foi exatamente o premiado.
O ator Pierre Niney, para se preparar para o papel, passou horas diante dos vídeos de entrevista do Saint Laurent para encontrar em si o tom de voz e os gestos do estilista. Resultado? Transformou-se de um modo impressionante.

  

Ele encontrou em si alguma coisa de autêntico, não é mesmo?
Podemos pensar em “Se Parecer” como uma tentativa, um ensaio, destinado a revelar qualquer coisa de nossa verdadeira complexidade, de nossas outras possibilidades de ser.
Sim, porque somos múltiplos e complexos como estrutura de identidade.
Podemos numa noite de carnaval parecer ser um dançarino de tango sem que isso tenha algo de verdade em nossa verdade... Neste caso parecer é então um “Falso Parecer”... Mas você pode tentar outra coisa: se “Fazer Parecer” e tocar qualquer coisa de verdadeiro em você mesmo. Este “Fazer Parecer” é então um meio de se aproximar de si, e a aparência não será mais superficial. Ela se torna como um comportamento necessário ao despertar de qualquer coisa de essencial que você deseja estimular em si.
No fundo o gesto de “Parecer” é o apropriado para se abrir a todas as dimensões de si.
A aventura de “Parecer” participa daquela descoberta de si, mas de um si mais expandido e iluminado, que é maior do que a simples identidade cotidiana.
O ser humano é a espécie que tem a necessidade de se fazer parecer para se aproximar da própria capacidade de ser.
A pessoa expandida é o resultado dos Gestos Apropriados.
Chego ao Rio e levo comigo o Se Parecer que me perfaz o ser do meu desejo.
Uma das facetas é “Se Parecer” o Professor para o curso que estreia em Março intitulado O Gesto Apropriado.
Enfim, para sermos a versão de si que desejamos ser, o primeiro passo é se fazer parecer...
As pessoas que abandonam os vícios, os comportamentos improdutivos, as atitudes indolentes começam a se transformar quando decidem conscientemente “Se Fazer Parecer”...
O hábito faz um monge. 
Quantos deles podemos Ser?

clique para ampliar

sábado, 14 de fevereiro de 2015

2015 Curso Inédito do Prof. Manoel Thomaz Carneiro

Caros alunos e seguidores, comunicamos que o novo Curso do Prof. Manoel Thomaz Carneiro - “O Gesto Apropriado - A Nova Visão Cognitiva”, iniciará nos dias 03 e 04 de março.

“O gesto apropriado é uma experiência elucidada.” 
Alexandre Lacroix

clique na imagem para ampliar

Turma de 3ª feira (14:30 h às 16:30 h):
início dia 03 de março e término dia 28 de abril

Turma de 4ª feira (14:30 h às 16:30 h):
início dia 04 de março e término dia 29 de abril

Turma de 4ª feira (19:30 h às 21:10 h):
início dia 04 de março e término dia 29 de abril

Local: Centro de Eventos do Ed. Leblon Corporate - R. Dias Ferreira, 190 Leblon.
Informações e reservas: ( 21 ) 99983-5751 ( Ilana )

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Corpo Expandido – Liberdade de Expressão

Num desses dias cinza de neblina parisiense, que envolve esta cidade numa atmosfera lúdica, caminhei nas ruas mágicas e fui ao Grand Palais, ver a retrospectiva inédita de Niki de Saint Phalle, considerada uma das artistas mais populares do século 20.   Durante uma vida intensa entre Nova Iorque e Paris, ela foi modelo da Chanel, pintora, escultora e diretora de filmes.


Nas salas do Grand Palais estão instaladas as coloridíssimas obras desta artista que além de criar, desejava também exprimir de modo metafórico as nuances das nossas vidas.


Logo na primeira sala, me veio a lembrança essa frase do cineasta italiano Pasolini “Escandalizar é um direito”. Deparei-me com uma sucessão de formas excêntricas. Causa, mesmo, certa estranheza as dimensões, as formas e as cores intensas... Nelas tem sim esta intenção. Alias, chocar artisticamente sempre balança as convenções e os debates discordantes que suscitam deste impacto nos retiram de nossas opiniões enraizadas.
De certa forma, esta desestabilização intelectual pode nos instigar a repensar as nossas premissas, que nos instalam numa zona de conforto para se viver o cotidiano. 
As polêmicas suscitadas pelos criadores e pensadores sempre contribuíram para a evolução do pensamento humano.
No teatro Champs Elysées em 1913, aconteceu à estreia do ballet Sagração da Primavera composto por Stravinsky e coreografado por Nijinsky que foi recebido ao final com uma monumental vaia que ficou marcada na historia do teatro e na vida musical.


As inovadoras estruturas rítmicas da música e o uso das dissonâncias fizeram dessa obra de Stravinsky, conforme afirmaram Leonard Bernstein e George Perle, um seminal, ou seja, um inaugural da composição do séc. 20.
A expansão da atuação da mulher na vida cotidiana foi também uma transgressão.
Esses instigadores das artes sejam literárias, pictóricas, cinematográficas, da música, da alta costura, me fascinam por que me incitam a rever valores e acabam por promover a expansão do corpo do meu olhar.
Esta expansão me leva a ler a mesma coisa de um modo diferente...
Retira-me dos hábitos e me promove o novo no mesmo.
Após passar por uma sucessão de obras nas salas do Grand Palais, eis que surge uma instalação de várias criações gigantes com um impacto visual felliniano...
Eram mulheres de corpos imensos e fixado a parede um texto da artista dizia que ali ela exprimia a expansão de nossos sentimentos, a expansão de nossas ideias, de nossas ambições, de nossas expressões e de nossas ocupações...  É verdade, expansão, movimento tão necessário ao crescimento. Afinal o corpo se expande para crescer.


Percebi que algumas pessoas se sentiam incomodadas com a concepção desta artista.


O arrojamento suscita incômodos. Protegiam-se sem assimilar a intenção das obras e sem deixarem se envolver pela mensagem implícita de cada criação. Preferiam condenar do que exercitar a convivência com a liberdade de expressão.
Os atentados ocorridos em Paris nos dias 07, 08 e 09 de janeiro tem como raiz a condenação da liberdade de expressão.
Como disse o presidente da França François Hollande no discurso de apoio a nação após os atentados, “Uma República é a Liberdade, a Criação e o Pluralismo”.
Uma vida de evolução envolve a Liberdade, a Criação e a Pluralidade.
Essas três palavras traduzem os movimentos tão necessários à vida de expansão e expressão que devem ser sempre preservados...
Por vezes certas pessoas são tão fixadas em suas próprias premissas, que acabam por diminuir e limitar as perspectivas e a destinação de si no próprio cotidiano. 
Muitas pessoas, como disse o escritor e pensador contemporâneo francês Christian Bobin, se tornam uma cotidiana repetição sonolenta de si mesmas...  
Venho a Paris há 23 anos, onde passo um período de 3 meses... Nestes tempos, percorri quilômetros a pé nessas ruas por vezes românticas, outras opulentas e tantas outras com oníricas imagens... E com tantos anos como um andarilho parisiense, descobri que muitos viajam e repetem o mesmo olhar nos diferentes lugares...
Paris para mim reflete a vida interior, quanto mais se “arqueologiza” mais se descobre...
Viver para mim também reflete Paris, quanto mais se aprofunda mais se descobre caminhos, modos e prismas no sentir a mesma cidade da existência.
Paris é a liberdade, é a criação, é a pluralidade.
Paris é também a exposição de Niki de Saint Phalle... É Rodin... É Picasso...
Paris é também a manifestação “Je suis Charlie”.








Je Suis Charlie... Corpo em Expansão
Liberdade no Olhar...
Ser diferente no mesmo.